#LISBOAPROTEGE

A Câmara Municipal de Lisboa disponibiliza ao setor cultural da cidade vários instrumentos de apoio extraordinário a fundo perdido.

https://www.lisboa.pt/lisboaprotege

Estes apoios extraordinários destinam-se a empresas, associações, cooperativas e fundações, desde que cumpram os critérios definidos, e ainda empresários em nome individual, de forma a incluir todos os destinatários do setor privado, com e sem fins lucrativos, que compõem o tecido cultural.

As associações culturais sem fins lucrativos podem aceder ainda a apoios, através do Fundo de Emergência Social (FES) ao setor social e associativo.

Por último, a CML apoia entidades culturais, pessoas singulares ou coletivas com contratos com a CML e empresas municipais, através da isenção de rendas (50% ou 100%). Estes incluem ateliês, espaços de atividades performativas e artes visuais, escritórios ou armazéns.

PROGRAMA DE APOIO À ECONOMIA E À CULTURA

Lisboa Protege é uma iniciativa enquadrada nas medidas extraordinárias de apoio à economia da cidade de lisboa apresentadas no dia 11 de novembro.

Esta iniciativa tem como principal objetivo disponibilizar um apoio extraordinário ao ao tecido empresarial da cidade, nomeadamente ao setor da indústria, comércio a retalho, restauração, atividades desportivas, atividades culturais e artísticas da cidade.

https://www.lisboa.pt/lisboaprotege

Leave a Reply

%d bloggers like this: